segunda-feira, 22 de julho de 2019

EMUFRN abre inscrições para especialização em música


A EMUFRN em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS/UFRN) abre o período de inscrições para Especialização no ensino da Música em múltiplos contextos.

As inscrições vão até o dia 28 de Julho.

Para se inscrever siga o caminho:

•1 – acesse o site:

•2 – no menu à esquerda clique em “Processos seletivos”;

•3 – clique na Opção Lato Senso e depois “Curso de Especialização no Ensino de Musica em Múltiplos Contextos” e proceda com o preenchimento da inscrição.

Mais informações, clique aqui e veja o arquivo.

Notícia retirada do site da EMUFRN.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Escola de Música abre cursos de extensão gratuitos para 11 instrumentos

A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN) abrirá, entre os dias 27 de fevereiro a 08 de março, inscrições para o Programa de Formação Inicial e Continuada em Música (PROMUSICA). Os cursos são abertos ao público tanto interno como externo da UFRN, e são gratuitos, sendo necessário já possuir o instrumento (exceto piano). Para poder participar da seleção, os interessados deverão preencher os pré-requisitos estabelecidos para cada instrumento, tais como idade mínima e renda, se for solicitado. O link para as inscrições, assim como suas respectivas informações, estarão disponíveis a partir do dia 27 de fevereiro.

Os instrumentos ofertados serão:
  • Iniciação ao Piano: Faixa etária entre 14 e 25 anos. As aulas serão coletivas em turmas formadas por até cinco alunos.  Serão 20 vagas distribuídas em quatro turmas. As inscrições serão através do formulário disponibilizado online. É obrigatória a presença dos inscritos na seleção a ser realizada por entrevista no sábado, dia 16 de março, às 10:00 horas da manhã na EMUFRN. O resultado final será divulgado até o dia 20 de março, com início das aulas na mesma semana. Ainda não há turno e dia para início das aulas.
  • Percussão: A partir de 16 anos, para participar os interessados deverão se inscrever através do link logo abaixo e comparecer à EMUFRN munidos de instrumento para participarem de um  processo seletivo que ocorrerá na semana do dia 11 de março na sala 08 às 10 horas, em dia e horário a ser agendado com os inscritos. Serão 10 vagas no turno da tarde com aulas as sextas das 14h00 às 15h00.

Sopro Metais: Trompete, Trombone, Eufônio, Tuba e Trompa
  • Trompete: Não há limite de idade, para participar os interessados deverão se inscrever através do link logo abaixo e comparecer à EMUFRN munidos de instrumento para participarem de um  processo seletivo que ocorrerá na sala 25 às 10 horas do dia 22 de março. 
  • Eufônio: Não há limite de idade, para participar os interessados deverão se inscrever através do link logo abaixo e comparecer à EMUFRN munidos de instrumento para participarem de um  processo seletivo que ocorrerá na sala 20 às 14 horas do dia 11 de março. O agendamento de horários de aula serão feitos com os selecionados pós processo seletivo.
  • Tuba: Não há limite de idade, para participar os interessados deverão se inscrever através do link logo abaixo e comparecer à EMUFRN munidos de instrumento para participarem de um  processo seletivo que ocorrerá na sala 20 às 14 horas do dia 11 de março. O agendamento de horários de aula serão feitos com os selecionados pós processo seletivo.  

  • Trompa:  Não há limite de idade, para participar os interessados deverão se inscrever através do link  e comparecer à EMUFRN munidos de instrumento para participarem de um  processo seletivo, as datas da seleção deverão ser informadas posteriomente ao prazo final da inscrição.


  • Trombone: Serão ofertadas 12 vagas (6 manhã – 6 tarde). Não há limite de idade, para participar os interessados deverão se inscrever através do link  e comparecer à EMUFRN munidos de instrumento para participarem de um  processo seletivo, as datas da seleção deverão ser informadas posteriomente ao prazo final da inscrição.


Sopro Madeira: Flauta; Oboé; Clarinete e Fagote.
  • O curso será ofertado de forma gratuita e terá duração total de três anos. As turmas serão organizadas em níveis, de acordo com a faixa etária de cada aluno, o nível I, será formado por alunos de 8 a 15 anos, o nível II, com alunos a partir de 16 anos.
  • A seleção para o curso será realizada, entre os dias 08 e 12 de março, através de entrevista com professores da área de madeiras.
  • O resultado final será divulgado no dia 14 de março de 2019, afixado no mural da secretaria de Extensão da Escola de Música da UFRN e publicado no site oficial da Escola de Música www.musica.ufrn,br, no link extensão. As aulas terão início a partir de 18 de março.

Notícia retirada do site da EMUFRN.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

ORCID (Open Researcher and Contributor ID)

ORCID (Open Researcher and Contributor ID) é um identificador digital persistente para o autor. ORCID está para o autor assim como o DOI está para um documento digital. ORCID é um código alfanumérico de 16 caracteres, lançado em outubro/2012. 

Tem a finalidade de diferenciar um autor de qualquer outro, ainda que tenha homônimo ou que tenha publicado, sido citado e/ou indexado de formas variadas. Identifica um único autor fazendo conexão automática com toda sua produção científica, onde quer que tenha sido publicada.

cadastro para obtenção do ORCID é gratuito e poderá ser feito individualmente ou pela instituição. É um código interoperável com outros sistemas ID, o que quer dizer que permite importação/exportação de dados com o ResearcherID, sistema proprietário da Thomson Reuters, por exemplo. 

ORCID em 3 passos: 
1) Cadastre-se: preencha o formulário com o maior número possível de dados, copie/cole sua apresentação do CVLattes. Faça uma pesquisa e cadastre seu nome com todas as grafias já utilizadas, tanto nas publicações como nos indexadores. Desta forma todas as variáveis de seu nome serão importadas.
2) Importe e/ou registre toda sua produção: Importe sua produção do ResearcherID, caso tenha, LinkedIn, CrossRef, Scopus etc. A tendência é que um número cada vez maior de indexadores disponibilizem seus registros para serem importados pelo ORCID. Documentos ainda não indexados, em bases de dados que permitem importação automática, poderão ser cadastrados manualmente. No entanto, se a produção científica de uma universidade, no catálogo da biblioteca, tiver o ORCID de cada autor em cada registro, e este catálogo interoperável, ou seja, aberto para importação, todos os autores daquela universidade poderão importar os registros já catalogados pela biblioteca para o ORCID. Por isso é importante o envolvimento da Instituição.
3) Divulgue seu ORCID: A partir de agora inclua seu ORCID completo, hiperlinkado, no final de todas suas referências, da mesma forma que faz com o DOI. Inclua nas submissões que fizer de artigos, de projetos para agências de fomento etc. Para submissões em OJS/SEER o autor já tem um campo específico onde indicar seu ORCID. Inclua no seu VCard, assinatura de e-mail, atualize cadastros pessoais no Departamento, Universidade, Sociedades etc.


MSc. Suely de Brito Clemente Soares (Content Mind)

Fonte: Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC

Site oficial